Livros Racistas nas Escolas

Foi começada esta quarta feira uma paralisação de 48 horas pelos professores das escolas de Salvador (BA) por causa de conteúdo racista encontrado nos livros de ensino. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB) os livros fazem distinções discriminatórias que por si só levam os alunos a aceitar e ficar conformados com situações de racismo.

Numa de estas situações se faz a comparação entre uma boneca loira de olhos azuis e outra de cabelo castanho encaracolado mal vestida, sendo que o texto diz que a boneca de pele mais branca é a mais bonita. Podemos afirmar que isso é incentivo ao racismo nas escolas!

Algum material usado nas escolas apresenta conteúdo racista

No debate acerca do conteúdo dos livros a Secretaria afirma que muitos dos textos literários são textos que apresentam opiniões de épocas anteriores, sendo que cabe ao professor explicar a diferença entre o certo e o errado, e até explicar que as opiniões são bastante afetadas pelas épocas em que se vive.

O investimento na distribuição deste material didático rondou os R$ 12 milhões, o que será difícil reinvestir a adquirir o material todo de novo. No entanto sabe se que alguns textos já irão ser retirados das próximas edições do material escolar.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *